" property="og:description" /> FISIOGlobal - Saúde Integral
05 Set. 2018

Notícias

HUMAN PERFORMANCE NA PARALISIA CEREBRAL – POTENCIAÇÃO PARA TODOS

Nossa atleta há sensivelmente 3 anos, a Liliana Ribeiro, diagnosticada com Paralisia Cerebral, confia na nossa equipa para que consigamos melhorar a sua performance diária ao máximo. Sabe, quem conhece a Liliana, que ela não tem limites, demonstrando empenho, perseverança e acima de tudo puxando pelos fisioterapeutas para que dêem o melhor de si – não há meias velocidades com a nossa atleta!

O treino de força em atletas como a Liliana tem vindo a ser estudado com mais qualidade desde dos anos 90, mas a verdade é que devido a questões metodológicas e populacionais nunca existiu um consenso científico sobre a eficácia do treino de força na Paralisia Cerebral, embora a tendência encontrada foi sempre positiva e nunca encontrando efeitos secundários motores.

Neste momento começamos a perceber na literatura que o consenso começa a aparecer. Liesbeth et al (2017) demonstrou que a implementação de um programa de força e potência não só causou melhorias significativas na capacidade de produzir força e melhorias na arquitectura muscular mas como também essas melhorias traduziram-se numa capacidade de marcha melhorada. Já Samantha Mae Rose et al (2016) com uma revisão da literatura concluiu que o treino de força é realmente benéfico para os adultos com Paralisia Cerebral. Outra revisão sistemática por parte de Karen Dodd (2002) observou que não só a melhoria era na capacidade de produzir força, mas também na modulação do Sistema Nervoso Central em modular a actividade muscular e que mais importante não há nenhuma condição adversa com a implementação deste tipo de treino.

Como tal, a Liliana, nossa atleta, passou por todas as fases que definem o trabalho da FISIOGlobal e da Human Performance, tendo desde o início desafiado as suas competências de mobilidade e de controlo motor em várias posturas que levaram a uma melhoria significativa do movimento, neste momento iniciou o programa de desenvolvimento de capacidade de força para levar a cabo a um desenvolvimento ainda maior das suas competências motoras.

Melhorias no padrão de marcha, na força, no controlo motor, na mobilidade, na motricidade fina e maior independência nas suas AVD’s (actividade da vida diária) foram alguns dos objectivos conquistados da nossa atleta, através do Human Performance. O número de quedas tornou-se muito menor e a dor inexistente.

Parabéns Liliana, és um exemplo para todos.

 

<iframe allow="accelerometer; autoplay; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/CWCs7lRez4s" width="560"></iframe>