06 Nov. 2018

Notícias

OSTEOPATIA PEDIÁTRICA - DETECTAR, CORRIGIR E PREVENIR

Cólicas, refluxos, hérnias do hiato, obstipação, distúrbios de sono, plagiocefalia, irritabilidade, torcicolos congénitos, otites, entre outros, são vistos por muita gente, inclusive profissionais de saúde, como sendo algo “normal” em recém-nascidos e/ou bebés. Contudo, segundo a visão da osteopatia, grande parte desta sintomatologia está associada a alterações da mobilidade do crânio e do sacro, colocando em causa o normal funcionamento de alguns nervos e órgãos correspondentes. 

A osteopatia pediátrica, é uma área de especialização da osteopatia que tem como objetivo detectar, corrigir e até prevenir desequilíbrios ou traumas nos bebés e nas crianças.

Algumas destas alterações são provocadas ainda no útero da mãe, ou durante o momento stressante que é o parto, muitas vezes causadas pelo uso de instrumentos (por exemplo fórceps ou ventosas).

Estas e outras alterações urgem ser corrigidas com o recurso à osteopatia, não apenas e só como forma de tratamento, mas também de configuração preventiva através do devido check-up precoce.

Em países como na França, os bebés, mesmo que não apresentem quaisquer sintomas, são avaliados pela osteopatia do mesmo modo que em outras especialidades, como por exemplo a pediatria.