https://www.tandfonline.com/eprint/NeGPiB7Y6RGXiywsCWfy/full

" property="og:description" /> FISIOGlobal - Saúde Integral
03 Dez. 2018

Notícias

Considerações metodológicas para a análise de membros superiores em adultos saudáveis e pós-AVC

No âmbito do projeto de doutoramento da Fisioterapeuta Inês Mesquita, foi recentemente publicada uma revisão sistemática na revista “Topics in Stroke Rehabilitation” acerca das considerações metodológicas dos estudos que analisam o movimento dos braços de adultos saudáveis e adultos que sofreram um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Neste estudo analisou-se concretamente o tipo de informação recolhida pelos investigadores acerca dos adultos avaliados, bem como as tarefas motoras selecionadas para analisar o movimento dos braços.

As conclusões deste estudo denotam que a maior parte dos investigadores não tem em consideração fatores de reconhecida importância como a localização e a severidade do AVC, a presença de outras doenças, bem como as características físicas, cognitivas e psicológicas dos indivíduos estudados. Além disso, ao invés de ser feita uma avaliação do movimento dos braços num contexto realista, isto é, analisando o seu movimento durante a realização de atividades da vida diária, como o vestir, comer, etc., muitos investigadores avaliam simulações destas tarefas, o que não permite uma avaliação adequada.

Este estudo realça a importância da realização de uma avaliação completa e personalizada, uma vez que o AVC é uma doença que origina diferentes sequelas de acordo com a sua localização e severidade, e porque a sua recuperação é extremamente influenciada pelas características de cada um. Além disso, uma vez que o movimento depende primariamente da motivação e objetivo delineado, torna-se fundamental integrar a sua avaliação numa atividade com significado na vida diária de cada um.

Para ler todo o artigo, por favor consulte: https://www.tandfonline.com/eprint/NeGPiB7Y6RGXiywsCWfy/full