28 Nov. 2016

Notícias

Maria João Caçador termina mais uma formação pós-graduada na área da Saúde da Mulher

Embora a fisioterapia uroginecológica seja ainda pouco difundida, é a chave para prevenir e abordar, de forma conservadora, os problemas de enfraquecimento ou lesão do pavimento pélvico.

Quando os músculos do pavimento pélvico estão debilitados, demasiado tensos ou lesionados (rotura, episiotomia), o funcionamento dos órgãos pélvicos pode sofrer alterações, tendo eventualmente como resultado incontinência urinária e/ou fecal, prolapsos e dor durante/após o acto sexual.

Assim, com o objectivo de potenciar o raciocínio clínico na avaliação e tratamento destas disfunções, adquirindo novas competências manuais para melhorar a sua prática clínica, a fisioterapeuta Maria João Caçador realizou este fim-de-semana a formação de Terapia Manual Avançada para o Pavimento Pélvico, com Maeve Whelan, fisioterapeuta irlandesa, especialista em saúde da mulher.