• Dermatopodologia
  • Cuidar dos pés não é apenas uma questão estética
  • A dermatopodologia é responsável pelo tratamento das alterações da pele e unhas.

    Pela necessidade de técnicas e meios específicos, o recurso a um podologista devidamente formado e especializado, é fundamental para que, depois de aconselhado e esclarecidas todas as dúvidas, consiga dar continuidade ao tratamento em casa até à completa reabilitação.

    Os tratamentos de dermatopodologia são especialmente aconselhados para calosidades, micoses, feridas, verrugas, pele seca e descamativa, hiperidrose e bromidrose, unhas encravadas, onicomicoses e onicogrifoses.

  • Pé de Risco/Diabético
  • Quando os seu pés necessitam de cuidado e conhecimento especializado
  • Todos os pés que apresentam alterações do foro neurológico, metabólico, sistémico e vascular são considerados pés de risco.

    No caso da diabetes, existem várias complicações a considerar, contudo é o pé diabético que representa a patologia com maior impacto na qualidade de vida do utente, pelas suas consequências que, em casos extremos, podem levar à amputação.

    Devido à má oxigenação dos tecidos, decorrente da circulação sanguínea deficiente e diminuição das defesas protectoras, o pé diabético é, por conseguinte, mais propenso a infecções, pelo que deve ter um acompanhamento específico, por forma a garantir a prevenção e/ou tratamento desta patologia, assegurando a qualidade de vida do paciente.

  • Podologia Preventiva
  • A prevenção na base da promoção da qualidade de vida
  • Sendo os pés a base de sustentação do corpo humano, sujeitos a um contínuo desgaste decorrente da carga, tensão e impacto, é crucial zelar pela saúde desta estrutura.

    Nos dias de hoje, através da prevenção e da realização de rastreios, é possível colmatar possíveis patologias que afectem o bem-estar diário do utente.

    Assim, a podologia preventiva tem como principal objectivo a educação da sociedade e a prescrição de tratamentos que evitem o aparecimento de lesões ao nível do pé.