30 Abr. 2020

Notícias

Varizes Vulvares e Varicocelos

Tanto nas mulheres quanto nos homens, por vezes manifestam-se sinais de comprometimento vascular ou circulatório através do aparecimento de varizes vulvares no caso das mulheres e nos homens através de varicocelo num ou em ambos os testículos - a maior parte dos casos apresenta varicocelo apenas à esquerda por um motivo anatómico: devido ao refluxo de sangue da veia renal na veia espermática, que cria um ângulo mais complexo de drenagem.

A presença de varicocelo está fortemente associada à fertilidade masculina por influenciar a quantidade e a qualidade da produção de espermatozoides, mas não influencia a função sexual.

Muitos pacientes que padecem deste sinal clínico, queixam-se também de dor pélvica e este diagnóstico pode gerar uma sensação de angustia enorme porque nunca se sabe muito bem a que profissional de saúde se deve recorrer, já que as causas da dor pélvica são muitas.

No que concerne à abordagem conservadora através de Fisioterapia, apraz referir que é possível orientar os pacientes depois de uma correta avaliação. O resultado da Fisioterapia possibilita a diminuição da dosagem de fármacos utilizados ou a necessidade de intervenção cirúrgica, não obstante, se a intervenção cirúrgica for exatamente necessária, estima-se que apresente melhores resultados e maior durabilidade dos mesmos.

A principal característica a olho nu é, efetivamente, a tortuosidade da veia e a presença de uma coloração mais escura/roxa, já que não há uma boa drenagem de sangue e cria-se uma congestão vascular. Além da dor, os sintomas mais comumente relatados são a sensação de peso na região vulvar ou nos testículos, inchaço, dor que pode estender-se até à virilha (sobretudo nos homens), aumento da temperatura local, presença de hemorroidal e, geralmente o comportamento dos sintomas apresenta este padrão:
1. De manhã acorda-se sem sintomas.
2. Com o decorrer do dia -particularmente se se passa muito tempo de pé ou sentado na mesma posição- os sintomas começam a surgir de forma mais intensa.
3. Melhoram à noite em posturas de descanso/posição de deitado.

À luz do raciocínio clínico em Fisioterapia, a presença de varicocelo e de varizes vulvares podem indicar que existe excesso de pressão dentro da pélvis, devido a tensão muscular ou fascial que impacta diretamente no sistema vascular de retorno abdomino-lombo-pélvico.

Assim, urge a necessidade de efetuar uma avaliação detalhada de toda a musculatura abdominal e lombar, assim como musculatura pélvica interna e externa- nas mulheres é realizada por via vaginal e nos homens por via anoretal- a fim de determinar quais são os pontos concretos que estão a causar o tal excesso de pressão no sistema vascular, assim como perceber qual é a raíz nervosa envolvida neste comprometimento e que está a gerar informação de dor ou a influenciar este circuito de retorno.

Podem existir diferentes pontos-gatilho ativos (são pontos de hiperatividade ou de encurtamento muscular que geram excesso de tensão), podem existir restrições de mobilidade dos tecidos envolvidos numa cicatriz, por exemplo, a uma hérnia inguinal, uma apendicectomia, uma cesariana (uma qualquer cirurgia abdominal, lombar ou pélvica), pode existir um diafragma torácico com fraca mobilidade e por consequência, a pressão que desce até à pélvis torna-se aumentada, podem existir diversos fatores que influenciem tanto o trabalho muscular quanto uma correta gestão de pressões dentro do nosso corpo, motivo pela qual, pode o Fisioterapeuta ser um profissional de referência na presença dos sintomas supracitados.

Nota: a consulta de Fisioterapia não substitui a consulta de Andrologia ou Ginecologia. A abordagem deve ser multidisciplinar, ou seja, envolvendo vários profissionais de saúde que reúnam esforços e conhecimentos comuns para solucionar a disfunção ou patologia apresentada da forma mais eficiente possível.

 

Referências Bibliográficas:
- Jantos, M (2020) “Pain mapping: a mechanisms-oriented protocol for the assessment of chronic pelvic pain and urogenital pain syndromes. Pelviperneology A Multidisciplinary Pelvic Floor Journal. Austrália.
- Malicki, P; Ciechomsky, J (2020) “Introduction to the fascial manipulation model for case report. Pelviperneology A Multidisciplinary Pelvic Floor Journal, Polónia.